Conversas urbanas: ‘BELOW THE SURFACE’ – USO E REFUNCIONALIZAÇÃO POÉTICA DO ESPAÇO NA EXPERIÊNCIA ARTÍSTICA CONTEMPORÂNEA
This event has passed.

Conversas urbanas: ‘BELOW THE SURFACE’ – USO E REFUNCIONALIZAÇÃO POÉTICA DO ESPAÇO NA EXPERIÊNCIA ARTÍSTICA CONTEMPORÂNEA

As Conversas Urbanas juntam doutorandos, investigadores, e docentes de uma variedade de disciplinas para discutir investigação sobre cidades, cultura, e arquitetura, num âmbito cronológico e geográfico abrangente. Diferentes formações artísticas do séc. XX, fosse na época cultural do Modernismo ou no desenlace pós-modernista, relacionaram-se com a Arquitetura e inquiriram as suas aspirações programáticas assim como os seus resultados. A cultura arquitetónica, a organização inteligível e logocêntrica do espaço, tem sido objeto de frequentes ‘repérages’, "re-tematizações" e "des-figurações" por parte de diferentes e por vezes antagónicas poéticas e configurações processuais da Arte Contemporânea. Nesta sessão propomo-nos refletir sobre esse epifenómeno, quer de um ponto de vista teórico quer na relação entre ideias sobre modos de produção espacial e formas particulares de construção imagética. O nosso ponto de partida será a percepção generalizada entre muitos artistas visuais (e.g., de Naum Gabo a Dan Graham, de Kurt Schwitters a Charles Simmonds, de Constant Niuwenhuis a Ilya Kabakov) de que a arquitetura funciona como uma mnemotécnica do humano, e especificamente propomos discutir como esse conceito tem produzido "imagens fortes" e contribuído no campo artístico para a materialização de poéticas ligadas à relação entre indivíduo/espaço através de um espectro alargado de iniciativas processuais e de objetos tais como vídeos, protótipos, construções, fotografias, desenhos, pinturas, instalações e arquiteturas de papel. Moderadores: António Olaio e Pedro Pousada

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe To Our Newsletter

Join our mailing list to receive the latest news and updates from our team.

Subscrição efectuada com sucesso!