Conversas urbanas: O Mapa Precede o Território?

Conversas urbanas: O Mapa Precede o Território?

As Conversas Urbanas juntam doutorandos, investigadores, e docentes de uma variedade de disciplinas para discutir investigação sobre cidades, cultura, e arquitetura, num âmbito cronológico e geográfico abrangente.

Em 1999, James Corner publicou um capítulo com o título “The Agency of Mapping: Speculation, Critique and Invention”, na colectânea de Denis Cosgrove Mappings. Nesse texto chama a atenção para o carácter mutável e dinâmico do território, para a decorrente mutação nos mapeamentos entre um registo físico de objetos e formas para um registo dos variados processos que confluem no espaço (territoriais, políticos, psicológicos, sociais): “The interrelationships amongst things in space, as well as the effects that are produced through such dynamic interactions, are becoming of greater significance for intervening in urban landscapes than the solely compositional arrangements of objects and surfaces”, concluindo que “o mapa precede o território”. As ideias de Corner, da máxima importância para o projeto urbano e de arquitetura, serão confrontadas com o texto de 1941 de Maurice Halbwachs La Topographie Légendaire des Évangiles en Terre Sainte: Étude de Mémoire Collective, texto seminal nas teorias da cidade de Aldo Rossi.

Moderador: Paulo Providência

Subscribe To Our Newsletter

Subscribe To Our Newsletter

Join our mailing list to receive the latest news and updates from our team.

Subscrição efectuada com sucesso!