Cimeira dos Autarcas
​Cimeira dos Autarcas 2020
Agendada para 25 novembro em Coimbra
​Cimeira dos Autarcas 2019

O presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) Manuel Machado abriu a Cimeira dos Autarcas que se realizou, no âmbito do Portugal Smart Cities Summit 2019, na FIL, em Lisboa, considerando que é preciso envolver as pessoas nas novas soluções inteligentes criadas a pensar na melhoria da qualidade de vida nos nossos territórios.

Manuel Machado anunciou, nesta Sessão de Abertura, que foi elaborado um conjunto de “sugestões com o objetivo de incentivar a participação dos cidadãos” nestas novas matérias das comunidades inteligentes, trazendo “vantagens recíprocas para todos os lados”.

Esta Cimeira dos Autarcas, que foi realizada com o objetivo de debater os novos desafios que se colocam às cidades inteligentes e de dar a conhecer as novas soluções pensadas para melhorar a qualidade de vida das pessoas, criando comunidades mais modernas, eficientes e sustentáveis, contou com a presença de autarcas de todo o país.

O primeiro painel da conferência teve a temática de ‘O futuro das cidades inteligentes em Portugal (30 propostas)’, as quais se distribuem pelas seguintes áreas: identidade, capital humano, infraestruturas, conectividade e dados. Neste painel participaram ainda responsáveis da Altice, da EDP Distribuição, dos CTT, e da Deloitte.

A conferência prosseguiu com uma Mesa-redonda, com a presença de vários autarcas, inclusive dos arquipélagos da Madeira e dos Açores, que abordaram as questões tecnológicas inerentes às suas localidades e os desafios que se colocam a pessoas mais exigentes, sendo que os recursos são os mesmos ou menores, pelo que a abordagem da Inteligência Urbana, é a resposta aos desafios. Para estes autarcas, o desafio é agarrar a inteligência artificial e, através dela, promover um cada vez melhor desenvolvimento dos territórios.

​Cimeira dos Autarcas 2018

Realizou-se no dia 11 de abril, em Lisboa, onde foi feita a apresentação de conclusões dos vários workshops temáticos realizados, designadamente:

  • “Cidade como Plataforma” (Albufeira, a 21 de fevereiro),
  • “Mobilidade” (em Ponta Delgada, a 23 de fevereiro);
  • “Resiliência” (Portalegre, a 7 março de 2018);
  • “Sustentabilidade Económica e Financeira” (Guimarães, a 14 de março);
  • “Turismo” (Funchal, a 16 de março);
  • “Edificado” (Seixal, a 21 de março); e
  • “Inovação” (Viseu, a 28 de março).

No final da cerimónia foi entregue o Prémio Smart Cities 2018, que coube à ANMP pelo trabalho que “há três anos realiza na dinamização das smart cities, promovendo e incentivando a cooperação e a partilha de conhecimentos entre os diferentes municípios do país”, de acordo com a organização do evento.

Share This